Opções de idiomas

Idioma selecionado:

Português

Infraestrutura em nuvem

O que é infraestrutura na nuvem?

Infraestrutura na nuvem é a infraestrutura virtual fornecida ou acessada por meio de uma rede ou da Internet. Normalmente se refere aos serviços ou produtos sob demanda fornecidos por meio de um modelo conhecido como Infraestrutura como Serviço (IaaS), um modelo de entrega computacional na nuvem. A infraestrutura na nuvem inclui servidores, armazenamento, rede e segurança. É uma oferta altamente automatizada em que recursos computacionais, armazenamento e serviços de rede são fornecidos ao usuário sob demanda. Como resultado, os usuários recebem uma infraestrutura de TI virtual e não precisam possuir e manter a infraestrutura física e os recursos de datacenter.

Como funciona a infraestrutura em nuvem?

Há três formas principais de modelos de implantação na nuvem: público, privado e híbrido. Uma nuvem pública é um modelo de implantação na nuvem em que os serviços de TI são fornecidos pela Internet, em vez de no local. Esse modelo é o mais predominante e oferece a maior escolha em termos de recursos e soluções de computação para atender às crescentes necessidades de empresas de todos os tamanhos. Há três modelos de Serviço: Infraestrutura como Serviço (IaaS), Plataforma como Serviço (PaaS) e Software como Serviço (SaaS). Os recursos na nuvem pública variam de máquinas virtuais a aplicativos e plataformas de desenvolvimento. Esses recursos oferecem segurança, aplicativos disponíveis universalmente e infraestrutura.

Em um modelo de nuvem privada, a nuvem é usada unicamente por uma empresa ou organização. Em um modelo de nuvem privada, os serviços não são compartilhados. A nuvem privada, como a nuvem pública, utiliza a computação de hardware e software para hospedar em um datacenter. Quando um usuário se conecta ao datacenter, ele permite aumentar a escalabilidade e a agilidade.

Um modelo de nuvem híbrida usa serviços de nuvem pública e privada. A nuvem híbrida organiza e monitora vários serviços na nuvem, ou uma combinação de ambientes locais e na nuvem, por meio de um aplicativo de controle central. Uma nuvem híbrida migra plataformas na nuvem em diferentes ambientes enquanto monitora o desempenho contínuo. Muitas organizações utilizarão uma infraestrutura em nuvem pública e privada. Por exemplo, uma empresa pode escolher uma infraestrutura em nuvem privada para ter uma segurança mais forte, enquanto um modelo de nuvem pública seria usado para benefícios de escalabilidade global.

O que está incluído na infraestrutura em nuvem como serviço?

A infraestrutura em nuvem compreende componentes e máquinas virtuais, incluindo servidores virtuais, PCs virtuais, switches de rede virtuais, hubs e roteadores, memória virtual, e clusters de armazenamento virtual.

Quais são os benefícios da infraestrutura em nuvem?

Os principais benefícios do uso da infraestrutura em nuvem incluem custo-benefício, serviços rápidos sob demanda, segurança, maior produtividade, escalabilidade e confiabilidade.

  • Rentabilidade – um dos melhores benefícios da computação em nuvem é reduzir os custos operacionais, pois o modelo "pagar conforme usar" elimina despesas desnecessárias. Além disso, não há necessidade de comprar hardware e software, nem de manter data centers e pagar pelos recursos humanos necessários para manter um data center físico.
  • Serviços rápidos sob demanda – a computação em nuvem permite que as empresas acessem tecnologias e recursos em minutos. Oferece às organizações a flexibilidade de fazer mais. Você pode obter serviços de computação em nuvem, conforme necessário, com apenas alguns cliques.
  • Segurança – a segurança da rede se enquadra em duas categorias principais: no local e na nuvem. Aqui estão algumas vantagens da segurança baseada em nuvem:
    • Proteção contra ataques de negação de serviços distribuídos (DDoS)
    • Segurança de dados
    • Conformidade regulatória
    • Flexibilidade
    • Alta disponibilidade e suporte
  • Melhora a produtividade – a computação em nuvem elimina a necessidade de manter o hardware e o software, pois o provedor de nuvem cuida dessas tarefas para você.
  • Escalabilidade – a capacidade de dimensionamento é um benefício significativo. A infraestrutura em nuvem permite escalabilidade global onde e quando for necessário. Além disso, você só usa os recursos necessários, permitindo que as empresas aumentem ou diminuam a capacidade para atender às suas necessidades.
  • Confiabilidade – data centers físicos e locais exigem duplicação de equipamentos em seus planos de recuperação de desastres. A computação em nuvem é altamente distribuída e oferece muitos recursos para planejar desastres com boa relação custo-benefício e permitir que as empresas continuem com tempo de inatividade zero.

Saiba mais sobre como a Unisys aborda a infraestrutura em nuvem.