Skip to main
Cyber Attack

Ataques cibernéticos – O que você precisa saber

O que é um ataque cibernético?

Um ataque cibernético é uma tentativa de desabilitar computadores, roubar dados ou usar um sistema de computador violado para lançar ataques adicionais. Os criminosos virtuais usam diferentes métodos para lançar um ataque cibernético que incluem malware, phishing, ransomware, ataque man-in-the-middle ou outros métodos.

Tipos de ataques cibernéticos

Malware

Malware é um termo que descreve um software mal-intencionado, incluindo spyware, ransomware, vírus e worms. O malware viola uma rede através de uma vulnerabilidade, normalmente quando um usuário clica em um link perigoso ou em um anexo de e-mail que, em seguida, instala um software de risco.

Phishing

Phishing é o método de enviar comunicações fraudulentas que parecem vir de uma fonte confiável, normalmente por e-mail. O objetivo é roubar ou obter dados confidenciais, como cartão de crédito e informações de login, ou instalar um malware na máquina da vítima. O phishing é uma ameaça cibernética cada vez mais comum.

Ataque man-in-the-middle

Ataques Man-in-the-Middle (MitM), também chamados de ataques de espionagem, ocorrem quando os invasores se inserem em uma transação de duas partes. Assim que os invasores interrompem o tráfego, eles podem filtrar e roubar dados.

Dois pontos comuns de entrada para ataques MitM:

  • Em redes Wi-Fi públicas inseguras, os invasores podem se inserir entre o dispositivo de um visitante e a rede. Sem saber, o visitante passa todas as informações pelo invasor.
  • Quando um malware tiver violado um dispositivo, um invasor poderá instalar um software para processar todas as informações da vítima. 

Ataque de negação de serviço

Um ataque de negação de serviço preenche sistemas, servidores ou redes com tráfego que superam recursos e largura de banda. Isso torna o sistema incapaz de atender a solicitações legítimas. Os invasores também usam vários dispositivos comprometidos para iniciar esse ataque. Isso é conhecido como ataque de negação de serviço distribuído (distributed-denial-of-service, DDoS).

Injeção SQL

Uma injeção SQL (Structured Query Language, ou linguagem de consulta estruturada) ocorre quando um invasor insere um código malicioso em um servidor que usa SQL e força o servidor a revelar informações que normalmente não revelaria. Um invasor pode realizar uma injeção SQL simplesmente enviando um código malicioso para uma caixa de pesquisa de sites vulneráveis.

Exploração de dia zero

Uma exploração de dia zero acorre após uma vulnerabilidade de rede ser anunciada, mas antes que um patch ou solução seja implementado. Os invasores visam à vulnerabilidade revelada durante esse período. A detecção de ameaça de vulnerabilidade de dia zero requer conscientização constante.

Tunelamento DNS

O tunelamento DNS usa o protocolo DNS para comunicar tráfego não DNS pela porta 53. Ele envia HTTP e outro tráfego de protocolo por DNS. Há várias razões legítimas para utilizar o tunelamento DNS. No entanto, há também razões maliciosas para usar os serviços de VPN e tunelamento DNS. Eles podem ser usados para disfarçar o tráfego de saída como DNS, ocultando dados que são normalmente compartilhados através de uma conexão com a internet. Para uso mal-intencionado, as solicitações de DNS são manipuladas para extrair dados de um sistema comprometido para a infraestrutura do invasor. Ele também pode ser usado para comando e controle de retornos da infraestrutura do invasor para um sistema comprometido.

Quais são exemplos de um ataque cibernético?

Aqui estão alguns exemplos de ataques cibernéticos comuns e tipos de violações de dados:

  • Roubo de identidade, fraude, extorsão
  • Malware, phishing, spam, spoofing, spyware, cavalos de troia e vírus
  • Hardware roubado, como laptops ou dispositivos móveis
  • Ataques de negação de serviço e negação de serviço distribuído
  • Violação de acesso
  • Detecção de senha
  • Infiltração de sistema
  • Desfiguração de site
  • Explorações de navegadores da Web privados e públicos
  • Abuso por mensagens instantâneas
  • Roubo de propriedade intelectual ou acesso não autorizado

O que acontece durante um ataque cibernético?

Um ataque cibernético acontece quando criminosos cibernéticos tentam obter acesso ilegal a dados eletrônicos armazenados em um computador ou em uma rede. A intenção pode ser causar danos à reputação ou prejudicar uma empresa ou pessoa, ou roubo de dados valiosos. Os ataques cibernéticos podem visar a indivíduos, grupos, organizações ou governos.

Formas de prevenir ataques cibernéticos

Há sete estratégias-chave que recomendamos usar para proteger empresas ou organizações pequenas e médias contra ataques cibernéticos.

Usar autenticação multifatorial

Uma das maneiras mais eficazes de evitar ataques cibernéticos é garantir que a autenticação multifatorial tenha sido habilitada para todos os aplicativos que acessam a Internet em uma organização.

Ter apenas um login de senha para os funcionários não é suficiente. Se as senhas dos funcionários forem comprometidas por meio de um invasão ou de um golpe de phishing, os criminosos cibernéticos poderão acessar facilmente os sistemas.

Permitir um processo de autenticação multifatorial para logins exigirá que os funcionários forneçam várias informações em vez de apenas uma. Como resultado, aumenta-se a segurança. Será muito mais difícil para qualquer pessoa não autorizada acessar os sistemas.

CRIAR controles internos robustos

Para evitar ataques cibernéticos em uma organização, também é crucial que existam controles internos robustos. Os controles de acesso ajudarão a garantir que o acesso ao sistema seja atualizado imediatamente quando funcionários, contratados e fornecedores saírem da organização.

Controlar o acesso ao sistema é essencial para a prevenção de ataques cibernéticos. Quando alguém sai da organização, o acesso deve ser revogado por motivos de segurança. Se o acesso não for revogado para os ex-funcionários, contratados e outras partes relevantes, eles poderão acessar o sistema organizacional posteriormente.

Ao monitorar quem tem acesso aos sistemas organizacionais, é possível garantir maior segurança e evitar ameaças à segurança e possíveis problemas no futuro.

GERENCIAR a segurança de terceiros

Para evitar ataques cibernéticos e ameaças à segurança, também é fundamental que alguém tome medidas para gerenciar o risco cibernético de terceiros.

É importante entender as responsabilidades quando se trata de segurança de terceiros. Se houver quaisquer fornecedores ou terceiros que precisem acessar o sistema organizacional, é crucial estar ciente dos riscos e garantir uma maior segurança.

A criação de controles de segurança rigorosos, a identificação de possíveis ameaças cibernéticas e o monitoramento da rede são cruciais para garantir que o sistema seja seguro.

EDUCAR os associados da empresa

A educação dos associados também é um dos maiores segredos para melhorar a segurança das empresas.

A organização deve realizar um treinamento de conscientização sobre segurança cibernética ao integrar novos associados. Os associados devem receber treinamento extra em intervalos regulares. Realizar sessões anuais de treinamento pode ajudar a garantir que toda a equipe esteja ciente de como se proteger contra ameaças à segurança.

Também é importante educar todos os associados da organização sobre phishing. Os associados devem estar cientes do que são e do que não são consideradas solicitações normais por e-mail e outros métodos de correspondência.

Isso criará um modo de negócios muito mais seguro de modo geral.

CRIAR backups de dados

A organização deve fazer backups regulares de dados comerciais importantes. Fazer o backup dos dados é uma maneira essencial de manter os negócios fortes. É uma medida importante para evitar um cenário problemático em que dados comerciais cruciais sejam perdidos.

Garantir backups regulares de dados garante que, não importando o que aconteça, a empresa não terá uma perda total.

MANTER sistemas inteiros atualizados

Manter os sistemas e os softwares corporativos atualizados também é uma parte crítica da proteção de qualquer empresa. Executar o software mais recente torna os dados mais seguros e também fortalece as empresas contra quaisquer riscos a longo prazo.

Embora alguns empresários considerem frustrante a necessidade de atualizações constantes, elas são necessárias. Novos problemas e vulnerabilidades aparecerão ocasionalmente no software da empresa. As atualizações existem para corrigir vulnerabilidades de software e proteger contra possíveis ameaças à segurança.

Às vezes, há despesas significativas associadas a atualizações de software e hardware. No entanto, o resultado geralmente vale muito a pena.

INSTALAR um software antivírus e um firewall

Por fim, é preciso evitar violações de segurança e ataques cibernéticos instalando um software antivírus. Todos os computadores na organização devem ter um antivírus instalado que deve ser atualizado regularmente. É preciso garantir que um firewall esteja sempre ativo.

Como a Unisys pode ajudar a proteger contra ataques cibernéticos?

A Unisys é um parceiro de confiança para gerenciar seus riscos de segurança globais aproveitando nossos experientes consultores de segurança estratégica para alinhar seu negócio e sua tecnologia a processos, ferramentas e técnicas à tolerância de risco de sua organização, ao mesmo tempo em que migra sistematicamente para um programa de segurança mais eficiente.

Como parte de nossos serviços de consultoria em segurança, trabalhamos com você para elaborar um programa de segurança que permita à sua organização reduzir a superfície de ataque ao nível de risco aceito, manter a eficiência, atender a exigências regulamentares e gerenciar a segurança em toda a sua cadeia de suprimento global.