Skip to main
Cloud Computing

Computação em nuvem

O que é computação em nuvem?

Computação em nuvem se refere ao fornecimento sob demanda de recursos de TI através da Internet. Em vez de usar softwares ou hardwares que estão no local, você usa tecnologia hospedada em um banco de dados remoto. Embora, às vezes, sejam gratuitos, os serviços de computação em nuvem são normalmente pagos mediante assinaturas.

Como funciona a computação em nuvem?

Na nuvem, dentro de um banco de dados, existem computadores e aplicativos com os quais os usuários podem interagir pela Internet. Quando uma pessoa se conecta a um serviço em nuvem, ela envia comandos para esses computadores e aplicativos, os quais depois retornam as informações ou o processo solicitado.

Um exemplo comum de arquitetura de computação em nuvem é um serviço de e-mail, como o Gmail. Quando você digita um e-mail, o texto que você digita não é armazenado no disco rígido do seu computador, mas sim na nuvem, dentro de um dos bancos de dados do Google. Da mesma forma, se você copiar uma imagem de um site e inseri-la no e-mail, você não terá uma cópia da imagem armazenada no disco rígido do seu computador. Ela será mantida em um dos bancos de dados do Google – na nuvem.

Quais são os benefícios da computação em nuvem?

A computação em nuvem poupa espaço e capacidade de processamento nos dispositivos do usuário, ao mesmo tempo em que permite o acesso instantâneo a recursos computacionais. Desde que você tenha uma conexão com a Internet, a computação em nuvem lhe dá acesso a softwares, processos e armazenamento que, do contrário, estariam fora do alcance. Para empresas, a computação em nuvem permite que elas expandam seu conjunto de soluções e recursos operacionais do cliente sem precisar investir em novos hardwares ou softwares no local.

Quais são os tipos de nuvem?

Para as pessoas que imaginam "o que é servidor em nuvem" e "o que é infraestrutura em nuvem", uma análise dos diferentes tipos de nuvem torna as diferenças entre os dois claras. Tanto a infraestrutura quanto os servidores desempenham funções fundamentais na computação em nuvem, mas enquanto os servidores fornecem informações e processos a computadores, a infraestrutura em nuvem encapsula servidores e tudo mais na qual a tecnologia em nuvem está desenvolvida. Estes são os diferentes tipos de computação em nuvem:

Nuvem pública

O que a computação em nuvem significa quando se trata de nuvem pública? Uma nuvem pública refere-se a hardwares, dispositivos de rede e armazenamento que são compartilhados por mais de um indivíduo ou organização. Gmail, Dropbox, Google Drive, Microsoft Azure e Alibaba Cloud são exemplos de soluções de nuvem pública. Ao fazer login em qualquer um desses serviços, você está compartilhando recursos computacionais com muitas outras pessoas ao mesmo tempo.

Os ambientes de nuvem pública apresentam um elemento-chave de como um servidor de nuvem funciona. Um servidor na nuvem recebe e envia dados para indivíduos que se conectam a ele usando um link da Internet. Com uma nuvem pública, um servidor na nuvem pode se comunicar com muitos usuários ao mesmo tempo.

Multinuvem

Uma arquitetura multinuvem é aquela em que uma organização usa vários fornecedores para fornecer o mesmo tipo de serviço em nuvem. Por exemplo, se uma empresa usar o Google Drive e o Dropbox para armazenar e compartilhar documentos, ela terá uma configuração multinuvem.

Nuvem privada

Nuvem privada refere-se ao espaço na nuvem dedicado a um único indivíduo ou organização. Ninguém mais usa os recursos em uma configuração privada na nuvem, exceto aqueles que os assinam.

Nuvem híbrida

O que é solução de nuvem quando se trata de nuvem híbrida? Com um ambiente de nuvem híbrido, uma organização faz uso de computação no local, bem como de serviços de nuvem privada ou pública. Por exemplo, se uma empresa armazena informações financeiras confidenciais do cliente no local, mas usa o PayPal, uma solução de pagamento baseada na nuvem, para processar pagamentos, ela está usando uma arquitetura de nuvem híbrida.

O que é rede em nuvem?

Com frequência, você pode ter que conectar duas soluções em nuvem, pública, privada ou ambas, e a rede em nuvem dita como a conexão é estabelecida e gerenciada.

Quais são os quatro tipos de computação em nuvem?

IaaS

IaaS significa infraestrutura como serviço e se refere à infraestrutura de computação fornecida na nuvem, como discos rígidos, armazenamento de backup, serviços de rede e virtualização. Uma organização que usa IaaS pode conectar thin clients ou outros computadores pequenos com o mínimo de recursos de hardware e software no local.

SaaS

SaaS, ou software como serviço, refere-se ao software que é executado, gerenciado e protegido na nuvem. Em vez de o software ser executado no computador ou dispositivo à sua frente, ele é executado em recursos em um banco de dados remoto.

PaaS

O PaaS, ou plataforma como serviço, fornece aos usuários hardwares e softwares na nuvem, abrangendo toda a plataforma que os usuários podem acessar. O PaaS é comumente usado por desenvolvedores para criar e gerenciar aplicativos.

CaaS

A CaaS, ou contêineres como um serviço, ajuda os usuários a implantar e gerenciar aplicativos usando um modelo de abstração baseado em contêineres. Os contêineres facilitam o desenvolvimento e a implantação de aplicativos baseados na nuvem, ao mesmo tempo em que maximizam a escalabilidade e flexibilidade.

A computação em nuvem é a solução ideal para qualquer pessoa que queira uma infraestrutura flexível e ágil para seus negócios. Para saber mais sobre como a computação em nuvem pode ajudar a transformar e melhorar sua organização, entre em contato com a Unisys hoje mesmo.